Páginas

Frejat - Pergunta Urgente

Link para a resenha do Mauro Ferreira sobre Pergunta Urgente, letra e música de Nenung gravada por Frejat.
 >>>> https://glo.bo/2vmVSE4 <<<<





PERGUNTA URGENTE / FREJAT (Nenung)







Canções e Toques Pra Meditar

Cheguei no Espaço Maitri aos poucos da estação de trem para um clube de tênis, dentro do qual se aloja a escola de yoga e terapias.

Canoas é uma cidade que pouco conheço mas me soa no tom destas cidades laterais a Porto Alegre com prédios baixos, o comércio regular e pouca cor pelas ruas.
Me aproximando passo a passo do Espaço percebi que era claramente um oásis na urbe. Afetiva, mental e esteticamente. Um acolhimento e cuidado raros e leves. um cenário fantástico preparado com simplicidade e arte. Luzes direcionadas, castiçais e um tapete trançado. no trajeto lembrava o quanto fui influenciado pela arte zen budista, a leveza e profundidade japonesa como referencias de criação e encontro tudo lá. sincronicidade excelente.



foi a primeira experiência de associar 23 canções a meu baralho ampliado de tarô e "sortear" o repertório pra irmos criando conjuntamente a noite. gostei demais e acredito que não fui só eu :) bom é ampliar a tribo.




2 Noites Fantásticas

foram duas noites fantásticas. na real dessa vez topei fazer os shows em teatro por pilha de uma amiga que foi atrás de edital e tal. porque andava com preguiça de criar tanto movimento. é uma correria, um envolvimento grande com um bando de gente e o risco de sempre > ser artista nesse país avesso contando com bilheteria pra fechar as contas. mas gosto especialmente dessa sala na CCMQ, que é um lugar lindo e merece ser avivado e nutrido.

  >>> fotos | alex vitola




fazer arte é uma aventura sem rede de segurança. mas quando a gente está lá > finalmente fazendo o que ama e cercado por pessoas de um talento maluco que decidiram correr o risco contigo, é de arrepiar.

no primeiro show atualizamos a frequência louca que vem quando nos reunimos como Darma Lóvers com Irinia, 4nazzo e Thiago. "Peixes", "Bróder Anjo", "Desapego". Com o Maurício Chaise e o Rafa Bohrer dando suporte extra pra decolagem. As projeções criadas pela Cláudia Dreyer eu via de canto do olho e sacava que em momentos a sincronia entre os vídeos antigos e nós no palco se alinhavam magicamente. as faíscas voaram por todo o espaço.






na segunda renovamos o visto dos Dragões. O que era palco virou pista de dança e- como é da nossa prática - reinventamos várias canções incluindo trechos e espaços e improvisos sem lei pra regular. só o gosto por criar e deixar voar. Mauricio novamente na guitarra com Th no baixo, Rafa na bateria e Júlio Cascaes destilando elegência na outra guita. Na saideira eu dançava enlouquecido quando vi o Maurício me filmando e pensei "ops, quem tá tocando essa guitarra?" era o furioso Rodrigo Chaise, que pegou a dita no ar e fechou com a gente uma celebração indescritível.

vale demais a pena se arriscar. e saber o quanto é raro. e , quando tudo se aquieta > dedicar toda energia movida pra que alumie estes tempos nublados. Seguimos compartindo faíscas onde houverem corações abertos.



Gratidão



GRATIDÃO (Nenung)

Gratidão seu guarda por guarda por guardar a sua arma
Não preciso gás lacrimogêneo pra chorar
Seu patrão fez o serviço e a cidade feito bicho
Acuada enlouquecida busca onde se entocar
Grato seu banqueiro pode enfiar teu dinheiro
Os valores que cultivo vc não pode pagar
Se essa vida é um mistério vamos ter um papo sério
Quando for a tua hora em quem vc vai confiar?
Grato minha amada por sorrir por essa estrada
Só preciso é confiança pra ter força e atravessar
Esse rio é um desafio nele guardo meus segredos
Que aos poucos vem à tona pra poder se revelar
Viver vibrar ter a coragem de se libertar
Quem virá me acompanhar
até o vento sem piedade decidir nos separar?



entre a raiva e a paciência ~

digamos que tu tenha escolha ~

cena #1 > vem a pessoa irritante
ela se aproxima e tua respiração encurta
teu coração vira um barril de pólvora e espera só pela fagulha
teu rosto se contrai e o corpo fica todo tenso
a pressão vai pro espaço e a mente pro confinamento
 a raiva é quem te acha e se confunde com teu olho
o teu sono interrompido a fala dura que vicia
até mesmo depois quando a tal pessoa foi-ce a dias
seu rosto e nome diluídos na paisagem desfocada
a bílis vai correndo solta o mau humor a pouca alegria
veneno no teu corpo e mente > um desperdício sem medida

cena #2 > vem a pessoa irrritante
tu olha a respiração e faz com que ela se amplie
ouve sua voz como um eco que voa sem te causar choque
a paciência se arma aberta e te ventila com seu leque
surgem até umas risadas (degusta quando chegar em casa )
a pessoa parte feito sombra do Sol que veio abrigar o dia
(os parasitas não curtem gente que ouve agradece abraça e amplia)
feito o proveito pro treino da força fluida e macia
livre de ser engrenagem a alimentar violências
: Cultiva o que bem te serve pra viver com luz elegância  >
saúde amor poder calmo caem do céu pra quem (se) vence ~
e assim até o ser chato merece ter agradecimento
Tu tem escolha > faça bom uso








Dragão> O show Incendiário ~>

Foi lindo demais celebrar a realização do projeto "Incendeia tua Aldeia" com a exposição seguida do show com o Dragão no teatro do SESC Poa ~> que noite! Uma alegria que não viu fim se seguindo aos abraços agora nada virtuais com tanta gente que torceu e trabalhou pra dar forma pra este livro/disco/manifesto da alegria e da rebelião diante da vida morna.
Aqui alguns registros dessa noite infinita > que venham outras ~em breve o livro/disco chegam em formato físico e fazemos outro rito pra celebrar!
Imagens por Sandra Sato, Romar Rigon e Cris Bergonsi ~






a arte X medo e doutrinação ~


até que demorou. tinha certeza de que ia acontecer. como fazemos tudo na base do "feito a mão na raça" criamos o cartaz em xerox e eu, Fábio e Jaq montamos e colamos pra produzir a foto a partir dessa arte que acho incrível e super representativa feita pela Marília Bianchini, uma das 5 mulheres que ilustram as 50 poesias do livro/disco. tbm pra marcar o início do movimento do "Incendeia tua Aldeia". foram 6 dias até uma moradora das vizinhanças do muro em que colamos se declarar injuriada "isso é uma barbaridade, essa mulher pelada exposta na rua" foi o que chegou até a gente. 

fico observando. a segunda versão do cartaz (esse da foto acima) talvez seja ainda mais impactante agora como complemento porque fala diretamente a respeito do porque esse trabalho vai sendo feito. tamos vivendo na pele essa "idade média programada, com supremo, com tudo". esse golpe miserável que busca investir no medo e na ignorância pra avançar e depredar nossos sonhos. a política dos predadores.

e interessante porque entendo que quase todos movimentos (reluto no "quase") +significativos, revolucionários, corajosos e interessantes que tem vindo à tona nestes últimos anos serem protagonizados por mulheres. pra romper com esse ciclo de submissão, de vergonha do corpo, da imposição de padrões escravagistas, desse medo louco de falar sobre gênero, sexo, prazer, ser humano. ataques à inteligência e sensibilidade como a "escola sem partido" completamente parcial e essa sim> doutrinária e perigosa. como as igrejas aliadas ao poder podre que incentivam a vergonha, a submissão e servidão inquestionáveis pelo lucro e pela fama. o inferno trazido à tona por seres que se desumanizam. uma mulher se sente ofendida pela nudez representada, que não tem sequer um toque erótico? acredito que não. Se sente é incapaz de olhar pra sua dor. pra relação domiciliar de abandono ou sufocamento que aceitou englir se achando sem outra opção pra ser incluída. incapaz de olhar pro seu próprio corpo nu sem se arrepender do destino que corroborou. se assumir desnuda e livre e a batalha que isso determina.




enfim, não vejo motivo algum pra reagir com raiva ou fúria contra a raiva vinda do medo e da incapacidade de dar outro tom que não a negação pro que nos provoca pensar e sentir. sentir dói. pensar exige. nós daqui escolhemos sentir, pensar, sentir doer e sentir prazer. pensar e descobrir novas formas de viver que não essa gaiola, enferrujada ou dourada. como diz outro dos versos libertários: alegria é ouvir a porta bater e saber que estamos do lado de fora da gaiola. 

que a liberdade amadureça no coração de todos os que vagam. amor é coragem.








Incendeia Tua Aldeia

Incendeia Tua Aldeia no Jornal ABC -Vale dos Sinos e NH - do Grupo Sinos
Leia a matéria na íntegra AQUI

>>> Para colaborar com o projeto acesse - http://catarse.me/incendeiatuaaldeia



interDependência e arte ~

talvez por ter sido guri de apartamento e ainda trazer a lembrança de brincar sozinho por longos períodos, ao que cresci passei a formar bandos e bandas. 
Na medida em que a arte foi tomando conta da vida a importância essencial da troca e do contraste ficaram muito evidentes pra ampliar a graça e os resultados ~ por isso a tribo não para de crescer 

> nesse projeto que finalizamos agora > "Incendeia tua Aldeia" < são 13 pessoas diretamente envolvidas, 6 na criação do livro, 6 na criação do disco e 1 coordenador da rede colaborativa. 

Lilian +Raquel +Chana+ Maurício +Gustavo +Thiago +Adauany +Edo +André +Leo +Louise +Vika +Rafa + Fábio. E fico tri feliz de poder viver essa experiencia de tanta gente pegando junto com harmonia, generosidade, enorme talento e abertura. Livre das competições por editais, livre do ranço das estruturas velhas, livre de vaidades e disputas. Renovando e ampliando as possibilidades de se viver e viabilizar a arte colaborativamente. E a rede só aumenta a cada dia pois interDepende de cada 1de vcs que se decida a soprar sua faísca e participar, dar poder à arte sensível. É bom saber que mesmo em tempos genericamente decadentes seguimos indo acima das nuvens e abrindo novas frentes. 

É bom demais poder contar uns com os outros. 



meu (nosso) novo livro/disco ~

A alguns meses tenho trabalhado em conjunto com uma rede de parcerias criativas > 5 artistas visuais -todas mulheres- com a regência do maestro designer Leo Lage e parcerias musicais coordenados pelo Thiago Heinrich e pelo Edo Portugal.

Tudo isso pra dar forma pro "Incendeia tua Aldeia"> um livro de versos libertários ilustrados que terá encartado um disco com 14 canções inéditas falando sobre amores, poder, homofobia, violência doméstica, meditação. Gosto de me arriscar em temas fora do comum.

Dá até pra chamar o projeto de multimídia mas prefiro multicriativo~
Acaba de ir ao ar como plataforma colaborativa como tudo que tenho produzido nos últimos 4 anos. Porque realmente acredito na multiplicação de forças que a nossa união é capaz. Fazer acontecer sem intermediação nem filtro. Sem concessões nem expectativa do sucesso ordinário.
Sucesso pra mim é trocar faíscas e fazer a inspiração circular.

Caiu uma faísca aí no teu teclado, bóra incendiar <3 ~

                  Acesse >>>  https://www.catarse.me/incendeiatuaaldeia


para batalhas de longo prazo ~

para batalhas de longo prazo
coragem serena e presença de espírito
se possível alegria > pois desnorteia a maldade
e deixa a energia +fluida ~*~

>>> catarse.me/incendeiatuaaldeia <<<

Virada Sustentável 2018

Tocamos na Variada Sustentável - que trouxe um sopro de alegria e movimento criativo pra este porto tão pouco alegre.
Pra gente foi uma alegria duplicada > ano passado tentamos algumas formas de oferecer um show aberto na Redenção por meio de editais mas não rolaram. Mas daí se abriu a Virada com toda estrutura, divulgação e domingo no parque com a variedade de gente que só um parque e o sol podem reunir. Internamente foi nossa celebração de 20 anos como Darma Lóvers. Externamente uma festa bonita e brilhante pra animar os corações ao alcance.
E vamos adelante ~